Blog

#1 da série: Coisas que não te contaram sobre chás.

Achamos que fazer chá tem que ser simples, fácil e prazeroso. Se não for assim não faz sentido, né? Porém, sabemos que muitas pessoas tem dúvidas e ficam receosas na hora de preparar sua xícara. Achamos que na maioria dos casos falta entender como funciona o ato de infusionar, porquê depois que você entende a lógica, preparar uma xícara perfeita, do seu jeitinho, se torna algo muito fácil, gostoso e prático.

Criamos essa série para falar sobre a essência do chá, sobre o que é realmente importante! Existem coisas simples que podem tornar sua experiência muito mais legal. Bora’ explorar alguns hoje?

Chá precisa de espaço!

Já repararam que as plantinhas do seu chá crescem de tamanho quando em contato com a água. Pois é, isso realmente acontece! E para que elas soltem o aroma e sabor na água precisam de espaço pra se “espreguiçar”, “acordar”, e assim trazer toda sua complexidade, potência e propriedades para sua xícara. .

Nossa dica: deixe as plantinhas livres, leves e soltas. Depois é só coar!

Seu pacote de chá rende mais do que está escrito na embalagem 😉

Sabia que é possível reinfusionar as plantas do chá? Em outras palavras, você prepara uma xícara e pode fazer outra em seguida usando as mesmas ervas.

Não é “pão durice” não gente! kkk A verdade é que a maioria dos chás de qualidade permitem pelo menos 2 infusões.
.
O sabor é exatamente o mesmo? Não é! A segunda infusão é uma outra experiência, mas pode também ser muito boa, e algumas vezes até melhor. Vale experimentar e ver se o sabor te agrada, né?

Essa história de abafar o chá não é simpatia, viu?

Quem ai já não escutou a recomendação de tampar, ou abafar o chá enquanto espera ficar pronto? A função principal daquele velho amigo pires em cima da xícara não é nenhuma superstição, e nem para evitar que um mosquitinho caia (apesar de ser útil pra isso também também hehehe). Ele tem o propósito de conter os vapores que estão saindo, assim a temperatura de infusão fica mais constante, e o mais importante: os aromas não fogem por aí antes de você tomar seu chá. Afinal, sentir os aromas é uma das partes mais legais da sua experiência e você não quer perder ela né?

Se tiver um bule com tampa que nem esse na foto, é perfeito! Se não, usa o pratinho em cima da xícara que funciona muito bem!

Chá Gelado Express

Essa dica é para aqueles que curtem a refrescância de um CHÁ GELADINHO, mas não querem esperar ele resfriar na geladeria 😉

Gostamos de chamar esse método de: chá express! E ele é um dos nossos favoritos! A ideia é fazer um chá um pouco mais concentrado e diluir e gelar com o próprio derretimento do gelo. Super prático! .

Use a quantidade recomendada pela embalagem de chá, porém em apenas metade do volume recomendado, por exemplo se a recomendação é 2 colheres de chá em 200 mL de água aquecida, use apenas 100 mL.

Enquanto, você espera a infusão ficar pronta, coloque o mesmo volume, mas agora na forma de gelo em outro recipiente. No exemplo que demos seriam 100g de gelo. Se você não tiver balança em casa para separar os volumes certinhos, não se preocupe! Uma solução simples e pegar dois recipientes iguais que você saiba o volume, e fazer o chá ocupando só metade de um e deixar o gelo ocupando só a metade do outro copo, que nem fizemos no vídeo abaixo.

Depois que passar o tempo de infusão recomendado na embalagem, você coa o chá pronto diretamente sobre o gelo do outro recipiente. Aí que a mágica acontece: o gelo derrete, vai gelando o chá e diluindo ele ao mesmo tempo e “voialá”!

Se quiser preparar quantidades maiores a lógica é a mesma, só manter as proporções 😉

Para você nunca mais esquecer essa dica MARA preparamos um passo-a-passo dela no vídeo. Confere lá!

Pêras ao hibisco

Você sabia que podemos cozinhar usando chás e infusões?

É possível trazer o aroma e sabor das plantas para quase qualquer receita, basta readapta-la! O desafio é escolher o chá ou a infusão que combine com o alimento.

Hoje fizemos uma releitura de um clássico: “pêras ao vinho”, que virou “pêras ao hibisco”.

Essa receita é uma técnica simples de cozimento (poach) em que as frutas absorvem o sabor e a cor do líquido. O resultado são frutas com um sabor complexo, delicado e com a cor linda.

Você vai precisar de:

3 a 4 peras – escolhas frutas firmes, que não estejam muito maduras e não desmanchem.

25g do nosso sabor Lippia Rosa

4 a 5 CSP de áçucar

1 dose de rum ou cachaça.

2 pauzinhos de canela

1 L de água

Confere o passo a passo abaixo depois conta pra gente o que achou 🙂